NOTA À IMPRENSA E À POPULAÇÃO TEREZINHENSE

Em decorrência do discurso mal intencionado o prefeito de Santa Terezinha no palco oficial da tradicional festividade de João Pedro, na noite desta segunda (15), o presidente da Câmara de Vereadores vem através desta nota relatar a verdade dos fatos:

1 – O Sr. Prefeito Geovane Martins, mais conhecido com Vaninho de Danda, utilizou-se de forma intempestiva e de maneira pejorativa dos microfones do palco do João Pedro – o que não é peculiar a nenhum chefe de poder – e de extremo mau gosto destilou críticas infundadas ao Presidente desta Câmara, vereador Adalberto Júnior, conhecido com Dr. Júnior;

2 – O gestor quis fazer os presentes julgarem que o presidente do Legislativo em algum momento tentou impedir a realização do evento, o que não passa de uma inverdade. O prefeito sabe muito bem que a recomendação partiu do Tribunal de Contas para aqueles gestores que estão com salários de servidores atrasados, sob pena de responsabilização;

3 – É importante o povo tomar conhecimento que por iniciativa de solicitação do presidente da Câmara, Dr. Júnior, através da Indicação nº 019/2019, pela primeira vez em 19 anos a empresa que coloca camarotes pagou pelo uso do solo. O município arrecadou com isso R$ 9.000,00;

4 – Faz-se necessário também questionar o ato impróprio do prefeito quando em palco de evento público se utiliza da estrutura para politizar o momento, produzindo discurso altamente inflamado com propósito estritamente partidário, ao ponto de se relatar ingratidão quando toda a sociedade terezinhense testemunhou o contrário antes mesmo de sua posse;

5 – Um gestor tem que saber ser equilibrado em suas ações e principalmente se comportar como tal. Os vários vídeos que circulam nas redes sociais o mostram bebendo whisky na boca da garrafa, e isso não condiz a sua condição de homem público que tem que ficar atento durante a programação porque é, em geral, o grande coordenador do evento;
6 – O prefeito atrapalhou a programação com seu discurso sem fundamento e talvez por causa disso a banda Forró do Muído não teve tempo de se apresentar, o que frustrou o público que compareceu para acompanhá-la;

7 – O gestor, em palco público, fez questionamentos sobre o atual presidente da Câmara ter sido eleito em Santa Terezinha e não em São José do Egito. Em sua defesa o chefe do Poder Legislativo afirma que o seu trabalho em Santa Terezinha gerou o reconhecimento da população e o conduziu à vitória. Em São José, seu pai, falecido, já foi vereador, e atualmente um dos seus irmãos está exercendo o segundo mandato;

8 – Por fim, ainda sobre desafios interpostos pelo prefeito, o presidente da Câmara devolve ao mesmo tal incitação e duvida ele ser eleito em São José do Egito, qualquer outro município, ou até mesmo reeleito em Santa Terezinha.

Santa Terezinha – PE, 16 de julho de 2019.

 

Dr. Júnior
Presidente da Câmara de Vereadores de Santa Terezinha

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Skip to content